A justiça? É forte com os fracos.

“A lei não é igual para todos. E a responsabilidade por isso é também da magistratura, que está renunciando à autonomia que lhe foi conferida pela Constituição e recomeça a se alinhar com o poder, como acontecia até os anos setenta. (…) Conformismo e ambição contagiam a maior parte dos juízes e agentes do Ministério Público, sempre mais autorreferenciais, enquanto o termo ‘legalidade’ é reduzido a um slogan para impor uma espécie de existência livre de conflitos. (…) A Justiça golpeou alguns poderosos, mas mostra toda a sua impotência frente à categoria dos poderosos globalmente considerados: os corruptos como os evasores fiscais e os financistas dedicados à alegre e incontrolável especulação.”

Na Itália, é claro, nas palavras (*) de Livio Pepino, um dos fundadores da associação sindical Magistratura Democrática.

  * http://espresso.repubblica.it/dettaglio/la-giustizia-e-forte-coi-deboli/2194763

Esta entrada foi publicada em Leituras. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>